Energia Eolica

Setembro 22 2011

A Desenvix estuda financiar o parque eólico Barra dos Coqueiros, em Aracaju, com o China Development Bank, o banco de desenvolvimento chinês. A afirmação foi feita pelo diretor executivo do grupo Engevix, José Antunes Sobrinho, em evento no Rio de Janeiro. Com investimento total de R$ 155 milhões, o parque vai gerar 34,5 megawatts e deve entrar em operação até julho de 2012.

Sobrinho explicou que o financiamento já estava aprovado com o Banco do Nordeste, que cortou a linha de apoio para parques eólicos. Dessa forma, o governo transferiu o financiamento para Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que usa o fundo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). No entanto, a empresa já fechou a compra de 23 aerogeradores, de 1,5 MW de potência, da chinesa Sinovel, no valor total de R$ 65 milhões. "O BNDES não financia o valor destinado à importação destes aerogeradores, dessa forma estamos estudando a alternativa oferecida pelo banco chinês", declarou Sobrinho.

Segundo Sobrinho, a estratégia da companhia "terá que ser decidida ainda este ano". "Estamos avaliando essa alternativa do financiamento local, que é BNDES e Sudene", afirmou. O executivo frisa que a Sinovel é a segunda maior fabricante de aerogeradores do mundo e ofereceu preços bastante competitivos, além de fechar o negócio com câmbio fixo. "O que está acontecendo agora não nos atrapalha em nada", disse, em referência à recente desvalorização da moeda brasileira. As turbinas devem ser entregues até o fim deste ano.

O grupo Engevix, controlador da Desenvix, prevê investimentos de R$ 1 bilhão em 2012, incluindo capital próprio e financiamento. O valor é superior ao previsto para este ano, de R$ 650 milhões.


fonte:http://oglobo.globo.com/

publicado por adm às 22:52
Tags:

pesquisar
 
links