Energia Eolica

Novembro 09 2011

Três grandes fabricantes chinesas de aerogeradores estão estudando "seriamente" a vinda para o Brasil, informou a Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica) nesta quarta-feira.

Representantes da entidade estiveram na China para um evento do setor e se encontraram com executivos das empresas.

A companhia que estaria em estágio mais adiantado para instalação de fábrica no Brasil é a Sinovel Wind Group, que já tem escritório no país e encomendas, segundo o vice-presidente da Abeeólica, Lauro Fiuza Junior.

Outra empresa seria a China Guodian United Power Technology, que avalia dois Estados brasileiros para erguer as instalações, de acordo com a Abeeólica.

Ainda, a Goldwind Science and Technology também teria declarado planos de vir para o país.

Em coletiva de imprensa, a Abeeólica ainda informou que a Envison Energy e a Sany Electric também mostraram-se interessadas no mercado brasileiro de energia eólica, em evento em que empresários do setor, de diversos países, discutiram sobre o tema.

Atualmente existem cerca de 100 indústrias dedicadas à fabricação de aerogeradores na China que, segundo a Abeeólica, estão em processo de consolidação.

Mesmo com a crescente demanda de energia eólica na China, que tem hoje cerca de 52 gigawatts (GW) de capacidade instalada, as fabricantes estão em busca de outros mercados, informou a Abeeólica.

"Para disputar o mercado mundial, hoje, eles têm que competir com tecnologia e qualidade", disse Fiuza a jornalistas.

O presidente da Abeeólica, Ricardo Simões, acrescentou que os chineses estão obtendo ganhos de escala e melhorando a qualidade dos equipamentos.

"Esse hiato de qualidade e confiabilidade, em dois ou três anos será superado", disse.

A presidente-executiva da Abeeólica, Élbia Melo, informou ainda que durante a viagem à China ficou claro que a vinda de empresas chinesas para o Brasil não significará disponibilidade de financiamento chinês para o setor eólico, como se cogitou.

"O risco cambial de repatriar o dinheiro é muito alto", disse.

fonte:http://br.reuters.com/

publicado por adm às 22:25
Tags:

pesquisar
 
links