Energia Eolica

Novembro 16 2011

Um relatório da Bloomberg New Energy Finance revela que o preço da eletricidade gerada a partir da energia eólica vai descer 12% nos próximos 5 anos como consequência de uma combinação de equipamentos mais baratos e ganhos na eficiência do que diz respeito à produção, o que fará com que a média dos Parques Eólicos compita ao mesmo nível com a produção das centrais a carvão, gás natural e nucleares.

Foram recentemente apresentados em Londres e Nova Iorque os resultados do mais recente estudo da Bloomberg News Energy Finance, que concluiu que a produção de eletricidade a partir de energia eólica tem vindo a tornar-se cada vez mais competitiva, aproximando-se da geração de energia elétrica a partir de combustíveis fósseis.

Esta evolução está a acontecer de tal forma que, nos próximos 5 anos, o preço da eletricidade proveniente do aproveitamento da energia elétrica diminuirá 12%, colocando-se ao nível da eletricidade gerada pelas centrais a carvão, gás natural, e nucleares.

Isto será possível graças à combinação de dois fatores: a “experience-curve” de 7%, que consiste numa redução de 7% do custo da produção de energia a cada duplicação da potência instalada, e a melhoria da eficiência na produção de energia elétrica, associada ao aumento do “capacity factor”, possível devido aos avanços tecnológicos que têm permitido construir turbinas maiores e mais altas, com uma melhor aerodinâmica, etc.

O preço da energia elétrica produzida a partir da energia eólica tem vindo a diminuir passando de 200 euros por MWh em 1984 para 52 euros por MWh em 2011. Por outro lado, a diminuição dos custos das turbinas devido à competição no mercado e à redução das despesas de manutenção fará com que o preço das turbinas, e consequentemente, o preço da energia que produzem, se torne ainda mais baixo.

Desta forma, em 2016, a produção de energia elétrica a partir da energia eólica em qualquer região com condições razoáveis para o aproveitamento da energia do vento, será tão competitiva como a geração de eletricidade recorrendo aos combustíveis fósseis. 

fonte:http://naturlink.sapo.pt/

publicado por adm às 00:06

pesquisar
 
links