Energia Eolica

Novembro 30 2011

A Goldwind, empresa participada pela China Three Gorges, concorrente à privatização da EDP, anunciou hoje que prevê instalar uma fábrica de turbinas eólicas em Portugal, que contribuirá para as exportações portuguesas em 500 milhões de euros.

Em comunicado, a Goldwind - um dos maiores produtores mundiais de turbinas eólicas e a segunda maior empresa do sector da China - adiantou que a fábrica avançará "até ao verão de 2013" e que prevê começar os trabalhos de instalação da nova unidade já no início de 2012, "com a contratação de uma equipa local".

Segundo a empresa chinesa, a nova unidade "produzirá 800 turbinas eólicas por ano ocupando uma área de cerca de oito hectares e terá um forte impacto na criação de postos de trabalho especializados em Portugal", sendo que a nova fábrica "terá ainda um impacto positivo no sector da construção civil, estando prevista a entrega da empreitada da nova fábrica a empresas locais".

Os responsáveis da Goldwind indicam que a produção da unidade portuguesa "será essencialmente direccionada para o mercado de exportação".

Para além da potencial entrada da China Three Gorges no capital da EDP, o interesse da Goldwind em Portugal "resulta das excelentes condições naturais para a produção de energia eólica, da sua localização estratégica para fornecimento dos principais mercados ocidentais e de uma política energética ambiciosa e vanguardista, baseada nos objectivos globais definidos pela União Europeia", refere o comunicado.

A Goldwind Science & Technology contribui anualmente para a instalação de cerca de 4 mil 'megawatts' de potência eólica, um valor equivalente à totalidade da potência eólica até hoje instalada em Portugal.

A empresa subsidiária da China Three tem como objectivo, segundo o comunicado, que, até 2014, 30 por cento da sua receita seja gerada fora da China.

Cotada na Hong Kong Stock Exchange (HKSE) desde 2010, a Goldwind está presente em mercados como o alemão, norte-americano, australiano e outros.

fonte:http://economico.sapo.pt/n

 

publicado por adm às 22:59

pesquisar
 
links