Energia Eolica

Janeiro 20 2012

A União Europeia adicionou 866 MW de capacidade eólica em 2011, uma redução de 1,9% em relação a 2010. O desempenho representa uma forte desaceleração do segmento no continente, já que de 2009 para 2010, houve crescimento de 51,1%.

Ao todo foram 235 novos aerogeradores offshore, distribuídos em nove parques eólicos, adicionados à rede de energia. Os novos empreendimentos representam um investimento de aproximadamente € 2,4 bilhões.

Com os novos megawatts, o continente chegou à marca de 3.813 MW gerados a partir de 1.371 turbinas offshore, espalhadas por 53 parques eólicos em 10 países. Outros 2.375 MW de eólicas já estão planejados para a UE e devem aumentar a geração pelos ventos no continente em 62%, chegando a 6.188 MW. O continente pretende chegar no ano de 2020 com 40 GW. Os dados são da  EWEA, a associação de energia eólica europeia. 

Os novos empreendimentos estão basicamente concentrados em águas britânicas (87%). A Siemens instalou 80% da capacidade adicionada em 2011, enquanto a SSE e a RWE Innogy foram os desenvolvedores mais ativos, e a Energia DONG continuou a ser o principal equity player da indústria.

fonte:http://www.energiahoje.com/

publicado por adm às 23:28

pesquisar
 
links