Energia Eolica

Janeiro 22 2012

Os habitantes da região de Kurgan serão os primeiros utentes russos a receber energia verde em escala industrial. Aqui já está sendo realizado o projeto de construção de um parque eólico, que terá uma potência de 50 megawatts (MW).

Um parque eólico em Zauralie é o primeiro projeto de energética alternativa na região. A fim de escolher um local apropriado para construir um objeto deste tipo é necessário levar em conta em primeiro lugar as condições climáticas e os dados sobre a potência e a estabilidade da corrente de vento. A primeira análise dos resultados das medidas, efetuadas ultimamente no território da região de Kurgan, mostrou que a potência do vento permitirá utilizar efetivamente os aerogeradores, diz o diretor do projeto Construção de parque eólico na região de Kurgan Iaroslav Siguidov.

- A potência deste parque eólico é 50 megawatts, o que lhe permitirá ser o maior parque eólico na Rússia. A velocidade do vento na região de Kurgan deixa-nos instalar de 15 até 20 turbinas de 2-3 megawatts de potência cada uma.

Parques eólicos não são um fenômeno novo para a Rússia. O país foi o líder mundial na área de aerogeradores nos meados do século passado, começando a produzir primeiras instalações deste tipo ainda na época soviética. Mas elas têm uma potência baixa e não poderão concorrer com o parque eólico na região de Kurgan, no qual tudo será feito de modo absolutamente diferente, diz Iaroslav Siguidov.

- Atualmente na Rússia não há parques eólicos, que sejam construídos com o uso das tecnologias modernas e instalações multi-megawatts. Este projeto será primeiro a ser construío e realizado. Na Rússia há grandes perspetivas de uso da energia eólica, porque o território do país é enorme. Há regiões, nas quais a construção de um parque eólico está economicamente motivada e trará benefício e lucro.

Atualmente a companhia russa Intertehelectro continua a efetuar medidas do vento na região de Kurgan. Perto do local suposto da construção de parque eólico, numa coluna de 200 metros a altitudes diversas foram instalados aparelhos especiais. No decorrer deste ano, junto com a obtenção de dados sobre os parâmetros do vento, serão feitos também os cálculos necessários para o projeto. Especialistas alemães vão ajudar a realizar estes trabalhos simultaneamente. A empresa conjunta Kurganskaia VES começará a construir ativamente o parque eólico no próximo ano, em 2014 planeja-se pôr a estação em funcionamento.

fonte:http://portuguese.ruvr.ru/

publicado por adm às 21:11
Tags:

pesquisar
 
links