Energia Eolica

Fevereiro 11 2012

O Brasil ultrapassou um total instalado até 2011 de 1 GW eólico, além de contar com uma carteira de novos projetos já contratados de mais de 7 mil MW para serem entregues até 2016, segundo a Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica). O país liderou o crescimento da América Latina e atingiu um aumento de 50% no último ano em relação a 2010, com um acréscimo de 587 MW novos atingindo um total instalado de mais de 1,5 mil MW. As novas instalações na América Latina, no último ano, totalizaram mais de 1,2 mil MW.

Segundo as estatísticas anuais de mercado do Conselho Global de Energia Eólica (GWEC, na sigla em inglês), o setor instalou mais de 41 mil MW eólicos em 2011, elevando a capacidade total instalada para mais de 238 mil MW. Essa capacidade representou aumento de 21% em megawatts instalados e de 6% em termos de market share. A potência instalada está distribuída por mais de 80 países, sendo 22 com capacidade maior que 1 GW.

Segundo o secretário geral da GWEC, Steve Sawyer, o ano de 2011 foi difícil e 2012 não será diferente, porém as bases do setor continuarão sólidas em longo prazo. “Vislumbramos a abertura de novos mercados na África, Ásia e América Latina em 2012 e esperamos ver alguns dos novos mercados na América Latina, além do Brasil, aproximar-se da massa crítica. Mas, sinceramente, será difícil manter o potencial de crescimento do setor sem um preço unificado do carbono e outras medidas que justifiquem os custos reais da geração convencional de energia elétrica para a sociedade”, completou.

fonte:http://www.energiahoje.com/o

publicado por adm às 23:07
Tags:

pesquisar
 
links