Energia Eolica

Fevereiro 21 2012

A Xinjiang Goldwind Science & Technology Co. Ltd, empresa líder do setor chinês de aerogeradores, começou a desenvolver um parque eólico de 70 megawatts (mw) no Chile, anunciou hoje a companhia em Beijing.

  De acordo com um contrato assinado com a Mainstream Renewable Power, as duas empresas criarão uma joint venture para construir a primeira fase da Ckani Wind Farm na região de Antofagasta, norte do Chile.

  Segundo os termos do contrato, a Goldwind Chicago, subsidiária da Goldwind, fornecerá 47 geradores eólicos de GW87/1,5MW.

  O campo conta com uma capacidade potencial total de 240 mw e está sendo explorado pela Mainstream desde 2009. Ele será conectado ao Sistema Elétrico SING. A construção da primeira fase de 70-mw deve ser iniciada antes do final de 2012.

  O chefe executivo da Mainstream, Eddie O'Connor, descreveu o campo no Chile como um "projeto empolgante" da Goldwind.

  Nos últimos anos, os fabricantes chineses de aerogeradores voltaram-se para o mercado mundial devido ao excedente na capacidade de produção doméstica.

  Com mais de 80 fabricantes, a China pode ser capaz de produzir 35 gigawatts (gw) de geradores eólicos por ano se as capacidades de produção planejadas entrarem em operação. No entanto, nos próximos cinco anos, o mercado doméstico chinês poderá consumir apenas 15 gw de aerogeradores por ano dentro das metas de desenvolvimento renovável, revelou a Associação de Energia Eólica da China (CWEA, na sigla em inglês).

fonte:http://portuguese.cri.cn

publicado por adm às 18:26
Tags:

pesquisar
 
links