Energia Eolica

Maio 12 2013

O presidente mauritaniano, Mohamed Ould Abdel Aziz, lançou quinta-feira as obras de construção da primeira fábrica de energia eólica do país, com um custo global de 43 milhões de euros, constatou a AFP.


Esta nova fábrica, financiada conjuntamente pelo Estado mauritaniano e pelo Fundo Árabe para o Desenvolvimento Económico e Social (FADES) estará pronta dentro de 12 meses, com uma produção prevista de 31,5 megawatts, soube-se oficialmente durante a cerimónia de lançamento da primeira pedra.


"As energias renováveis constituem doravante uma opção forte na estratégia nacional para a produção energética" na Mauritânia, declarou na cerimónia o ministro mauritano do Petróleo, Energia e Minas, Taleb Ould Abdi Vall.


Segundo o governante, esta estratégia prevê a participação de energias renováveis na cobertura nacional das necessidades de energia em cerca de 20% até 2020, numa altura em que a electricidade no país é geralmente fornecida por centrais térmicas.


Em Abril, a Mauritânia inaugurou a sua primeira central de energia solar, com um custo de 32 milhões de dólares, alcançado com ajuda de uma doação dos Emirados Árabes Unidos.


Esta central, conectada a partir da rede da capital, vai produzir 15 megawatts e "contribuirá para satisfazer as necessidades de Nouakchott em energia para mais de 10%", segundo o ministro Ould Abdi Vall.

fonte:http://www.portalangop.co.ao


publicado por adm às 00:31

pesquisar
 
links