Energia Eolica

Julho 08 2013

No final de junho, a GE inaugurou Centro de Serviços para energia eólica na cidade de Guanambi (BA). Segundo a empresa, trata-se um investimento estratégico, que visa ampliar a flexibilidade e eficiência no atendimento de clientes de um mercado que deve crescer cerca de 40% entre 2012 e 2016. Os 100 técnicos que atuarão na unidade serão responsáveis por monitorar operações e clima, realizar a manutenção nos parques eólicos e manter um estoque de peças essenciais para o funcionamento das turbinas.

Até o final do ano, deve ser inaugurado um segundo centro de serviços, desta vez no Rio Grande do Norte. Nessas iniciativas, a GE conta com plano de investimento de US$ 1,5 milhão. “A criação dos Centros de Serviços é prioridade em nossa estratégia. Nossa velocidade de resposta multiplica com a criação desses centros, o que reforça nossa parceria com os clientes, que terão novos canais para contato”, informa Jean Claude Robert, líder de energias renováveis da GE Power & Water para a América Latina.

A GE conta atualmente com 450 turbinas eólicas instaladas no Brasil. Até o fim de 2013, deve ultrapassar a marca de mil turbinas instaladas em solo nacional, totalizando 1GW de capacidade instalada. A marca garantirá que a companhia torne-se a principal fornecedora para o país. “A GE quer cada vez mais estreitar a parceria com o Brasil para fornecer tecnologia e os serviços necessários, visando garantir oportunidades significativas no mercado de energia eólica do País”, reforça Robert.

Outra ação da empresa será implementada em parceria com escolas técnicas e tem como objetivo capacitar engenheiros para atuar na área de energia eólica. “Com tecnologias que se desenvolvem constantemente e o crescimento da importância da energia eólica na matriz energética do país, a GE irá gerar oportunidades de aprendizado nos Centros de Serviços, além de doar equipamentos para escolas técnicas” explica Aldo Vacaflores, líder de Serviços da GE Power & Water para o Brasil.

fonte:http://www.usinagem-brasil.com.br/

publicado por adm às 20:01
Tags:

pesquisar
 
links