Energia Eolica

Novembro 12 2013

Foi um momento simbólico, esta segunda-feira, quando o Japão colocou em funcionamento a primeira turbina do parque eólico marítimo que está a ser construído ao largo da acidentada central nuclear de Fukushima.

Até 2016, está prevista a instalação de mais de 140 turbinas eólicas flutuantes ao largo de uma região dizimada pelo tsunami e o acidente nuclear em março de 2011.

Coube ao vice-ministro da Economia, Comércio e Indústria, a honra de colocar a primeira turbina em marcha. Na cerimónia, após recordar as vítimas do acidente nuclear, o governante nipónico realçou o lado simbólico de lançar “uma nova fonte de energia, uma energia renovável” com base em Fukushima e garantiu que “o governo tem por missão garantir que o projeto é um sucesso”.

Desde a catástrofe de 2011 que o Japão tem encerrados os 54 reatores nucleares que produziam 30% da energia nipónica. O Império do Sol volta-se agora para as renováveis, consciente que estas energias verdes estão ainda longe de ter capacidade para responder às necessidades energéticas do país.

fonte:http://pt.euronews.com/

publicado por adm às 21:42

pesquisar
 
links