Energia Eolica

Setembro 29 2010

Os fabricantes de carros eléctricos estão a planear dar uma segunda vida às baterias antigas, vendendo-as aos promotores de parques eólicos para o possível armazenamento de energia.

A Nissan está a investigar a utilização de baterias de carros eléctricos usadas por empresas de energias renováveis, que poderia usar esta tecnologia para fazer face às intermitências deste tipo de energia. No final do ano passado, a Nissan tinha lançado a iniciativa 4R - Reutilizar, revender, reproduzir e reciclar, com a japonesa Sumitomo Corporation, para as baterias usadas.

A ideia era perceber que tipo de segunda vida poderia ser dado às baterias no sector das energias renováveis.

O desempenho das baterias usados pelos carros eléctricos deteriora-se com o tempo, mas a Nissan espera que as células de lítio-íon que prevê utilizar, aumentem a sua capacidade residual até 80 por cento, mesmo depois de já não serem úteis para os veículos eléctricos. A utilização das baterias em parques eólicos é uma possibilidade, mas a Nissan ainda não terá efectuado contactos formais com empresas deste sector.

Mas este tipo de estudo não está apenas a ser desenvolvido pela Nissan. A Liberty Electric Cars, que planeia produzir o primeiro Range Rover eléctrico do mundo, está já a discutir com alguns dos principais players mundiais do mercado eólico, como EDF Energy, Scottish Power e Eon, a possível reutilização de baterias usadas.

Os resultados destas negociações deverão ser conhecidos no final do ano. A empresa também está a prever vender as baterias a leasing aos consumidores, quando o seu desempenho começa a deteriorar-se, a cerca de um quarto do preço de uma nova.

fonte:ambienteonline

publicado por adm às 22:47

pesquisar
 
links