Energia Eolica

Outubro 10 2010

A Câmara de Mirandela vai canalizar as contrapartidas financeiras a que tem direito pela instalação no concelho de um parque eólico para um fundo financeiro destinado a apoiar projectos de eficiência energética de iniciativa pública ou privada.

O protocolo para a criação do Fundo de Desenvolvimento Regional da Terra Quente vai se formalizado hoje, em Mirandela.

Segundo explicou o presidente da Câmara, José Silvano, qualquer habitante da região que queira investir nas energias renováveis pode aceder a este novo instrumento financeiro.

De acordo com o autarca, o fundo financiará a parte que não é comparticipada pelos mecanismos legais já existentes numa modalidade idêntica a um empréstimo reembolsável, mas sem juros.

Este fundo irá ser aprovisionado pelas receitas da produção de energia do parque eólico com uma potência de 25 megawatt que irá ser instalado nas serras de Franco, Orelhão e Passos, no concelho de Mirandela.

A vencedora do concurso de exploração foi a Perform 3, empresa que vai dar ao município 2,5 por cento do valor anual da facturação da produção elétrica como uma das contrapartidas pela instalação.

«Em vez de ficarmos com o dinheiro, decidimos constituir um fundo com uma valor inicial de um milhão de euros disponibilizado pela empresa a que acrescerão os 2, 5 por cento anuais», disse o autarca.

Segundo José Silvano, em breve, o «fundo pode chegar aos dez milhões de euros para financiar projectos na região».

O autarca acredita que será «um incentivo importante à aposta na eficiência energética até porque nem sempre as pessoas dispõem da parte (financeira) que lhes corresponde na compartição destes projectos».

O fundo facilitará o acesso a esses montantes em forma de empréstimo sem juros para investimentos em projectos que podem ir da modernização de instalações elétricas a sistemas de aproveitamento das energias renováveis.

 

fonte:Sol/Lusa

publicado por adm às 22:09

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



pesquisar
 
links
subscrever feeds