Energia Eolica

Agosto 31 2012

Os investimentos em energia eólica no Brasil tendem a crescer e o país deverá passar da 20.ª para a 10.ª posição entre os produtores mundiais já em 2013, prevê a Empresa de Pesquisa Energética brasileira (EPE).

"As perspetivas do setor de energia eólica no país são muito boas. (...) O preço da energia eólica hoje no Brasil caiu para um terço do que era há três ou quatro anos e já é bastante competitivo em relação às outras fontes", considerou o presidente da EPE, Maurício Tolmasquim, citado pela Agência Brasil.

De acordo com o representante, a previsão é de que o parque eólico brasileiro chegue a 8 gigawats de capacidade instalada até 2015, volume quatro vezes superior aos atuais 2 GW.



fonte: http://expresso.sapo.pt/

publicado por adm às 22:33
Tags:

Agosto 08 2012

O ministro angolano da Energia e Água, João Baptista Borges, anunciou, em Luanda, a construção do primeiro parque eólico de Angola, sendo este um dos maiores de África, com cerca de 100 MW, na região do Tombua.

O referido parque, após a sua construção, poderá funcionar também como centro de formação de treinamento e experimentação de novas tecnologias.

De acordo com João Baptista Borges, relativamente ao sistema nacional de abastecimento no país, se está se tratar de assegurar alguma estabilidade possível no funcionamento dos diversos sistemas e, principalmente, nos centros urbanos mais importantes como Luanda, Benguela, Huambo e Cabinda, bem como a criação de capacidade de produção adicional com a instalação de novas centrais e a reabilitação dos sistemas de distribuição.

De acordo com o titular da pasta, o país conta com potência de 18 mil MW em termos de produção ou exploração e neste momento estão em exploração cinco porcento do referido potencial.

"Temos um amplo potencial ainda por explorar e que pode permitir atender necessidades não só no domínio de consumo, como também da produção industrial, sendo que o programa do governo estabelece este principio e objectivo, que é instalar até 2016 cinco mil Mw", acrescentou. As informações são da Angop.

fonte:http://www.africa21digital.com/e

publicado por adm às 23:49
Tags:

Agosto 03 2012
Maior turbina eólica do mundo
As turbinas eólicas vêm evoluindo dramaticamente ao longo das últimas décadas, não apenas em tamanho, mas também em aerodinâmica e nas técnicas de fabricação.[Imagem: Siemens]

Aerogerador

Está quase tudo pronto para a montagem da maior turbina eólica do mundo.

Cada uma das pás mede 75 metros de comprimento.

Três delas formarão o rotor de 154 metros de uma usina-protótipo que está sendo construído pela Siemens no campo de Osterild, na Dinamarca.

A área total coberta pelo rotor alcançará 18.600 metros quadrados, equivalente a quase 2,5 campos de futebol - o diâmetro é quase suficiente para acomodar dois jatos Airbus A380 lado a lado.

Peso do ar

Quando em operação, a super turbina eólica, girando a 10 metros por segundo, extrairá energia de 200 toneladas de ar por segundo.

Devido às forças a que a turbina estará sujeita, cada pá teve que ser feita em um molde único - é o maior componente individual de fibra de vidro já produzido.

As pás incorporam avanços no material utilizado, no projeto aerodinâmico e na técnica de fabricação.

Tudo junto representou uma diminuição de 20% no peso, por sua vez reduzindo as exigências sobre as fundações, a torre e a nacele.

Maior turbina eólica do mundo
A área total coberta pelo rotor da maior turbina eólica do mundo alcançará 18.600 metros quadrados, equivalente a quase 2,5 campos de futebol. [Imagem: Siemens]

Evolução eólica

As turbinas eólicas vêm evoluindo dramaticamente ao longo das últimas décadas, não apenas em tamanho, mas também em aerodinâmica, nos materiais utilizados em sua construção e nas técnicas de fabricação.

Há 30 anos, uma turbina eólica típica tinha um rotor de 10 metros (cada pá media 5 metros de comprimento) e eram capazes de gerar 30 kW.

A maior turbina do mundo agora terá um rotor de 154 metros (cada pá com 75 metros de comprimento) e deverá produzir 6 MW, uma capacidade 200 vezes maior

fonte:http://www.inovacaotecnologica.com.br/

publicado por adm às 23:51

pesquisar
 
links
subscrever feeds