Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Energia Eolica

O blog Energia Eolica têm o objectivo de dar a conhecer e divulgar esta energia limpa que se obtém através do vento. Turbinas, aerogeradores, micro-produção de energia, turbinas caseiras, turbinas domesticas...

O blog Energia Eolica têm o objectivo de dar a conhecer e divulgar esta energia limpa que se obtém através do vento. Turbinas, aerogeradores, micro-produção de energia, turbinas caseiras, turbinas domesticas...

Energia Eolica

27
Jan13

Texas tem o maior sistema de armazenamento de energia eólica do mundo

adm

A empresa Duke Energy, na Carolina do Norte, diz ter o maior sistema de armazenamento de energia eólica do mundo. Situado no parque eólico de Notrees, no Texas, a instalação de €33 milhões (R$ 67 milhões) utiliza tecnologia de ponta de 36 megawatts que garante o armazenamento e, depois, o fornecimento estável de energia eléctrica.

Os trabalhos começaram em 2011, depois de a empresa ter recebido €16,5 milhões (R$ 44,7 milhões) de financiamento do fundo de investigação Department of Energy da ARPA-E. A empresa de engenharia de Austin, Xtreme Power, foi a responsável pela construção do sistema de armazenamento de energia em larga escala.

De acordo com a CleanTechnia, o sistema é composto em grande parte por bateriasPowerCell – “uma bateria de 12 volts, 1 KWh e de célula seca, com base numa fórmula patenteada de ligas, incluindo cobre, chumbo e telúrio”. A Xtreme Power afirma que estas baterias são menos perigosas e mais facilmente recicladas.

Como é o maior projecto deste género, o sistema está a ser monitorizado e estudado peloElectric Power Research Institute, que vai avaliar o seu desempenho e o seu potencial para futuras aplicações mais amplas. Se provar ser fiável, poderá tornar-se um bom plano para futuros sistemas de armazenamento em larga escala, usando baterias, capazes de fornecer energia consistente para redes municipais a partir de parques eólicos e solares.

O Energy Reliability Council of Texas também está a trabalhar com a Duke Energy, de forma a optimizar a capacidade do sistema para aumentar ou diminuir a frequência da electricidade que circula nas turbinas.

Segundo o Inhabitat, Greg Wolf, presidente da unidade de energias renováveis da Duke Energy, explicou em comunicado: “O armazenamento de energia irá beneficiar o nosso negócio de energias renováveis, os nossos clientes e o sector da energia como um todo”.

 

fonte:http://greensavers.sapo.pt/2

26
Jan13

Eólicas produziram mais de metade da eletricidade na noite do vendaval

adm

A torres eólicas instaladas em Portugal produziram mais de metade da eletricidade consumida no passado dia 19 de janeiro.

A produção de energia elétrica a partir do vento suprimiu mais de metade das necessidades durante todo o dia 19 de janeiro, que ficou marcado pelo enorme vendaval que deixou um rasto de destruição em várias zonas do país.

Segundo dados fornecidos pela REN - Redes Energéticas Nacionais, dos 6.640 megawatts (MW) consumidos naquele dia, 3.446 foram gerados pelas eólicas.

No seu conjunto, as renováveis (eólicas, hidráulica/barragens e fotovoltaica) garantiram 4.532 MW do total consumido em Portugal a 19 de janeiro.

Houve três picos de produção eólica durante a madrugada daquele dia, um entre as 00h00 e a 01h00, outro por volta das cinco da manhã e ainda outro pelas 21h00.



fonte: http://expresso.sapo.pt/ 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Sites interessantes

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D