Energia Eolica

Abril 12 2011

O consórcio ENEOP está com dificuldades em conseguir fechar uma tranche de 450 milhões de euros para o financiamento de novos parques eólicos a serem instalados este ano. A notícia é avançada hoje pelo Jornal de Negócios, que afirma que a verba necessária está a ser suportada com capitais próprios dos accionistas.

A crise económica do país está a dificultar o financiamento bancário dos projectos, depois da ENEOP ter conseguido, em 2009, o segundo maior “project finance” do sector energético, com um financiamento de 510 milhões de euros.

Os capitais dos accionistas – EDP Renováveis, Enel Green Power, Generg e Sonae Capital – estão a permitir que a instalação de parques continue. No total, o consórcio pretende instalar 1 200 megawatts (MW) de potência eólica em Portugal, que correspondem a um investimento de 1,6 mil milhões de euros. Desse valor, 1,2 mil milhões de euros deveriam ser financiados pela banca. Não obstante, a Eneop quer fechar o ano com uma produção de electricidade de mais de 800 MW.

fonte:http://www.ambienteonline.pt/

publicado por adm às 22:31

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



pesquisar
 
links
subscrever feeds