Energia Eolica

Junho 14 2011

A Enel Green Power reforçou a sua posição no consórcio ENEOP - Eólicas de Portugal. A empresa espanhola passou a deter 40 por cento do cluster eólico de Viana do Castelo, posição idêntica à da EDP, até agora a maior accionista, avança hoje o Diário Económico. Isto porque a Sonae Capital saiu do capital da Térmica Portuguesa, que integra o consórcio.

A Térmica Portuguesa era já detida em 50 por cento pela Enel Green Power. Com esta alteração, a empresa do grupo italiano Enel, consegue uma capacidade adicional instalada de 120 MW na Ventinveste, de projectos eólicos, a somar aos 360 MW detidos pela Finerge, do grupo Endesa, que recentemente passou a ser controlada pela Enel.

fonte:http://www.ambienteonline.pt/

publicado por adm às 22:45

pesquisar
 
links